Tribunal Supremo inicia sexta-feira julgamento de Augusto Tomás

0
Foto: DR
Upper Digital Marketing
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O julgamento do antigo ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, acusado de crimes de peculato, violação de normas de execução de orçamento e abuso de poder, de forma continuada, inicia nesta sexta-feira (31), na câmara criminal do Tribunal Supremo.

Augusto da Silva Tomás, acusado também de envolvimento em desvio de fundos do Conselho Nacional de Carregadores, foi detido a 21 de Setembro de 2018. É igualmente acusado pelo cometimento de dois crimes de participação económica em negócio e de branqueamento de capitais.

No mesmo processo (nº 23/18), estão arrolados Isabel Cristina Gustavo Ferreira de Ceita Bragança e Rui Manuel Moita, ex-directores-gerais adjuntos para as Finanças e para a Área Técnica do Conselho Nacional de Carregadores, Manuel António Paulo, então director-geral do CNC, e Eurico Alexandre Pereira da Silva, ex-director adjunto para a Administração e Finanças.

Sobre Isabel Bragança, Rui Moita e Manuel António Paulo pesam um crime de peculato na forma continuada, um crime de violação das normas de execução do plano e orçamento na forma continuada, um crime de abuso de poder na forma continuada, três crimes de participação económica em negócio (apenas para a arguida Isabel Bragança), um crime de recebimento indevido de vantagem na forma continuada, um crime de concussão na forma continuada, um de branqueamento de capitais e um crime de associação criminosa.

Já Eurico Alexandre Pereira da Silva é acusado de três crimes, designadamente um de recebimento indevido de vantagem na forma continuada, um de concussão na forma continuada e de associação criminosa.

Os referidos cidadãos cumprem também prisão preventiva.

FONTE: Angop

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.