Terceira edição da “Move Angola” reabre portas para realizações

0
Upper Digital Marketing
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Alguns dos participantes da Conferência Internacional de Liderança  Move Angola,  disseram ao  NN que  se algum dia hesitaram  sobre o que tinham de fazer, como fazer, quando fazer, com o que fazer para realização das suas vidas, o mesmo não se diz, depois de ouvirem os quatro pré-leitores do Move Angola 2017, que falaram sobre Liderança, inteligência emocional, comunicação e lifestyle.

Siedrick Cristovão Florindo, empreendedor, é um dos exemplos que desde 2010 vem lutando para empreender no ramo de Fabrico de Sacos.

“Com a escassez do dólar, senti-me desmotivado em dar sequência aos meus projectos. Depois de ouvir os prelectores  todos, confesso que percebi  que não preciso ter dólares para materializar o meu negócio. Como disse o orador Marco Víctor, muitas vezes ficamos reunidos sem nenhum kwanza no bolso, mas ficamos a reclamar do dólar”, disse.

Para Claúdio Mendes Júnior, director Comercial da “Indo Tubos, a Move Angola é  um evento muito motivante, e espera, por isso, participar de outras edições.

“Foi bom ouvir o orador Dárdano Santos, quando dizia que a Liderança não é ter um cargo, é servir ás pessoas, porque as nossas causas geram momentos ” lembra.

O NN abordou os conferencistas, que fizeram um balanço positivo. Marco Victor falou sobre a inteligência emocional e destacou o auto-conhecimento, a empatia e a gestão de relacionamento como factores fundamentais para se atingir o sucesso.

 

“Cair e falhar, fazem parte do processo” . “A vida é 10% daquilo que nos acontece e  90% como a interpretamos”, foram frases ditas por Marco Victor e que levaram à reflexão do público presente no evento.

Sara Batalha, que é experct em comunicação, está pela primeira vez em Luanda. Disse que a comunicação é um factor preponderante para que se exerça uma boa liderança e se atinja o sucesso.

Já Mário Rui Boto, que falou sobre “Lifestyle, vivendo com propósito”, disse que para se atingir o sucesso é necessário “ descobrir-mos o nosso propósito e nossa missão”.

 

“A partir destes dois pressupostos estaremos aptos para atingirmos o sucesso na vida”, fez saber.

Dárdano Santos, orador e por sinal, CEO fundador da Mentora e da MOVE ANGOLA, projecto, fez um balanço positivo do evento, pois a conferência  e disse que a sua marca está a contribuir para a história do país, colocando Luanda e Angola no centro do mundo.

Dárdano falou sobre a liderança e fez saber, entretanto, que “colocar as pessoas no centro” é “trazer o perfume do futuro ao presente”, pois as pessoas devem estar apaixonadas por uma causa.

Depois do sucesso que foi a conferência este ano, Dárdano Santos olha para o futuro.

“Estamos com a perspectiva de realizarmos duas conferência nos próximos anos, sendo que uma será realizada em Luanda no mês de Outubro e  outra, numa outra província com um outro nome específico que não seja MOVE Angola”, fez saber, embora não tenha adiantado o nome da nova marca confinada às províncias.

 

Texto: Emerson Hossi, Imagens: Joel Inocente

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.