Sindicato dos médicos aprova caderno reivindicativo

0
Upper Digital Marketing
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O Sindicato Nacional dos Médicos de Angola (Sinmea), aprovou neste fim de semana, em Luanda, um caderno reivindicativo, com vários pontos, o mesmo deverá ser entregue ao Ministério da Saúde.

No caderno reivindicativo, aprovado no primeiro fórum de auscultação da classe médica, os médicos pedem, entre outras exigências, melhorias salariais, segurança no ambiente de trabalho, seguro de saúde, institucionalização da carreira médica especial, promoção nas mais diversas categorias médicas, habitabilidade, transportes, entre outros.

Durante o encontro, que congregou representantes de todas as províncias do país, o presidente do sindicato dos médicos, Adriano Manuel, lamentou o facto de o trabalho médico não ser objecto de merecido reconhecimento, situação que frustra as expectativas, e tem reflexos negativos no desempenho dos profissionais.

O responsável esclareceu que, dos pontos consta a melhoria das condições de trabalho por se verificar que muitas das unidades sanitárias da periferia não têm médiscos e nem material para elaboração do exercício diário .

Frisou ser necessário o apetrechamento dos hospitais primários no sentido de terem o mínimo de forma para a prática da medicina.

A título de exemplo, apontou existir unidades sanitárias que não têm um aparelho de Raio X, laboratório de analíses clínicas em condições, medicamentos, materiais gastáveis para se exercer a profissão condignamente .

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.