Silvia Lutucuta defende uso de TIC’s para maior crescimento na saúde

0
Upper Digital Marketing
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O uso das Tecnologias de Informação (TICs) em saúde, é um veículo fundamental que pode melhorar em grande escala, a assistência médica, desde que sejam usadas com responsabilidade, defendeu hoje, em Luanda, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta.

“As TICs estão a funcionar no país desde 2007 e, por exemplo,  a telemedicina  é uma ferramenta usada, com a qual foi possível diagnosticar cerca de mil e 800 casos de crianças com doenças cardíacas e operadas com sucesso”, afirmou.

A responsável, que falava num encontro de trabalho com o ministro ruandês da Informação e Tecnologias de Comunicação, Jean De Dieu,  para partilha de experiências,  referiu  que o o sector que dirige tem no Plano Nacional de Desenvolvimento 2018-2022 a melhoria do uso das Tecnologias de Informação em saúde.

“Nós estamos a expandir o sinal da telemedicina e a trabalhar de forma integrada com os Ministério das Tecnologias de Informação e, a curto prazo, vamos ter 50 locais com esta ferramenta”, frisou.

Avançou também que o uso das TICs vai  reduzir os custos e aproximar-se das zonas mais recônditas, cujos os técnicos com menos experiência que estiverem a trabalhar nestas zonas terão a oportunidades de interagir com os centros de referência e fazer consultas de casos clínicos e exames.

A tecnologia, realçou, é também importante para a logística de medicamentos, que é um grande desafio para o sector e, por isso, está-se a trabalhar com o ministério da Tecnologia de Informação para aquisição de mais conhecimentos.

Reconheceu o desenvolvimento em termos tecnológicos do Rwanda, onde são efectuados lembretes para consultas, seguimento à grávidas, vacinação e mensagens de emergências .

Em Angola, a população está em alta, no que toca ao uso de telefones, mas deve aprender a usar melhor esta ferramenta para o beneficio da saúde.

Por sua vez, o ministro do Rwanda Jean De Dieu salientou que o seu país usa a tecnologia para potencializar os serviços de saúde e espera que a troca de experiência ajuda Angola a melhorar o sistema de saúde.

Fez saber que o uso das tecnologias está ajudar a recolher informações, controlar as doenças, melhorar os serviços e acesso à saúde, bem como monitorar vários indicadores que precisam ser controlados pelo sector.

“ Mostramos quais as estratégias e métodos usados no nosso país com o uso das tecnologias para a melhoria da saúde”, afirmou.

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.