Segunda edição da campanha “Mulheres para o Futuro” é lançada oficialmente

0
Foto: Nambi Wanderley
Upper Digital Marketing
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por: Ivanine Silva

No quadro da sua responsabilidade corporativa e social, a Unitel, procedeu hoje (quarta-feira), ao lançamento da 2ª edição do programa de bolsas de estudo “mulheres para o futuro”, em que são distribuídas anualmente 50 bolsas de estudo internas. 

O programa que abrange apenas mulheres angolanas, em todo o território nacional, com idades até os 25 anos e com o ensino médio concluído ou frequência universitária, será aberto oficialmente para candidaturas ao ano académico 2020, no dia 1 de Novembro e serão disponibilizadas 50 bolsas de estudo internas. 

Com o objectivo de contribuir para o desenvolvimento socio-económico das jovens mulheres criando oportunidades e incentivando a escolha de formação e carreira profissional na área das TIC’s, esta iniciativa visa também contribuir para a promoção da igualdade de género nesta área em Angola. 

Segundo Eunce de Carvalho, Directora-geral Adjunta para assuntos corporativos da Unitel, fez-se um investimento significativo neste programa, uma vez que este cobre todas as despesas académicas das estudantes, para que estas não tenham nenhum tipo de preocupações financeiras. 

“É uma soma avultada, mas, é um investimento que a Unitel faz sem olhar para os números em particular, estamos interessados nos resultados”, declarou. 

Já o Director Nacional de Telecomunicações, Pedro Mendes de Carvalho, referiu que a franja juvenil feminina tem um grande potencial e pode contribuir significativamente para o desenvolvimento do país. 

A primeira edição deste programa, denominado “Mulheres Para o Futuro” foi realizada no ano de 2018 e foram oferecidas 50 bolsas de estudo internas, nas províncias de Luanda, Malanje, Huíla e Benguela.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.