Presidente da BP reafirma compromisso com desenvolvimento de Angola

0
Foto: DR
Upper Digital Marketing
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O presidente mundial da petrolífera BP, Bob Dudlev, transmitiu, nesta segunda-feira, ao Chefe de Estado angolano, João Lourenço, o compromisso de continuar a investir e aprofundar a cooperação com Angola.

À saída de uma audiência no Palácio Presidencial, Bob Dudlev afirmou que analisou com o Presidente angolano os avanços alcançados no domínio da exploração petrolífera em Angola.

Apontou, como provas da intenção de aprofundar as relações, a assinatura, hoje, de três acordos com a petrolífera angolana Sonangol.

Dois dos acordos vão permitir desenvolver o projecto“Platina” e estender a exploração de petróleo do Bloco 18, e um memorando para o início das discussões sobre financiamento e construção do terminal de armazenamento de refinados da Barra do Dande.

Indicou que, entre os acordos, um está ligado à distribuição de produtos refinados, fornecimento de navios de transportes e a criação de um centro de distribuição logística regional que poderá colmatar a necessidade dos mercados de Angola, Namíbia, República Democrática do Congo(RDC) e da Zâmbia.

Declarou que a sua companhia já investiu em Angola cerca de 30 mil milhões de dólares.

Afirmou que a BP prevê ter, até 2020, 90 por cento da mão-de-obra angolana, que ronda actualmente os 80 por cento.

A BP está em Angola desde a década de 70. Nos anos 90 adquiriu participações em quatro blocos em águas profundas, cerca de 200 quilómetros a noroeste de Luanda.

Em 2011, a BP adquiriu participações em cinco novos blocos em águas profundas e ultra-profundas nas bacias do Kwanza e de Benguela.

A BP opera os blocos 18 e 31 e tem participações em activos operados por terceiros nos blocos 15, 17, 20 e 25, assim como na fábrica da Angola LNG, no Soyo.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.