Ministra lusa considera aberta cooperação Angola e Portugal

0
Foto: DR
Upper Digital Marketing
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A ministra da Justiça de Portugal, Francisca Van-Dúnem, considerou existir uma cooperação aberta e intensa com Angola, com destaque para a parceria na área do registo civil.

Ao falar à imprensa, depois de uma audiência concedida pelo Presidente da República, João Lourenço, a governante portuguesa confirmou que equipas dos ministérios da Justiça dos dois países já trabalham no dossier registo civil.

“É a área em que pretendemos avançar com mais rapidez”, afirmou Francisca Van-Dúnem, que está em Angola desde terça-feira para uma visita de trabalho de quatro dias, com vista o reforço da cooperação no sector da justiça.

Disse ter tido uma conversa genérica, sobre as questões de cooperação, com o Chefe de Estado angolano, que não exprimiu qualquer preocupação sobre a colaboração no sector.

Para a ministra portuguesa, nascida em Angola, essa atitude do Presidente é sinal de que “as coisas estão a correr como era expectável”.

Francisca Van-Dúnem foi portadora de uma carta do Presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, para o homólogo João Lourenço, cujo conteúdo não foi revelado. 

Angola e Portugal estabeleceram relações diplomáticas a 9 de Março de 1976. 

Portugal é um dos principais parceiros comerciais de Angola nos sectores da construção, banca, produtos alimentares e bebidas.

Já Angola é um dos principais investidores em Portugal, com actividades que vão desde a energia às telecomunicações e banca.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.