Ministério dos Transportes lança concurso público para exploração de terminal multiuso

0
Foto: DR
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por: Notícias de Angola

O Ministério dos Transportes de Angola, lançou nesta segunda-feira (16), um Concurso Público Internacional, para a concessão e exploração do Terminal Multiuso do Porto de Luanda.

Este concurso, tem como principal objectivo, promover o desenvolvimento e melhoria da eficiência da actividade portuária, através do envolvimento de operadores privados com experiência comprovada no sector.

Segundo uma nota do Ministério dos Transportes, a qual o Notícias de Angola teve acesso, este concurso publico é dirigido a empresas ou associações de empresas nacionais e estrangeiras que comprovadamente detêm experiência na actividade.

O prazo limite para a entrega das propostas ficou estabelecido para o dia 30 de Março de 2020, de acordo com o Programa do Concurso.

Para as empresas interessadas em participar no concurso, deverão apresentar obrigatoriamente os seguintes requisitos: Capital próprio realizado não inferior ao equivalente a 25 milhões de dólares, volume de negócios médio anual dos últimos três exercícios fiscais não inferior ao equivalente a Cem Milhões de Dólares Americanos e igualmente, um activo líquido não inferior ao equivalente a Cem Milhões de Dólares Americanos.

As Propostas devem ser apresentadas na sede da Empresa Portuária de Luanda, nos dias úteis, das 09h00 às 17h00, mediante entrega na sala de reuniões da Administração B.

O Terminal Multiuso do Porto de Luanda, é uma infraestrutura portuária que se dedica a operação simultânea de carga geral e contentores, possui uma área de 181.070 metros quadrados com capacidade para movimentar 2.6 milhões de toneladas por ano.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.