Funcionários do Ministério da Saúde acusados por desvios de fundos

0
noticias de angola funcionarios do Ministério-da-Saúde acusados por desvios de fundos
Upper Digital Marketing
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O tribunal público em Luanda, agendou próxima segunda-feira (13) de Novembro, o início do julgamento de três funcionários do Ministério da Saúde acusados do desvio de quase 400 milhões de kwanzas) do programa de combate à malária.

Segundo a informação que o NN teve acesso, o caso foi tornado público em Março de 2016 pela Organização Não-Governamental (ONG) internacional The Global Fund, que financiou o programa de combate à malária em Angola, verbas que foram posteriormente devolvidas pelo Ministério da Saúde.

Os três funcionários chegam ao Tribunal Provincial de Luanda acusados do crime de peculato, mas o início do julgamento foi hoje adiado pela terceira vez a pedido dos réus, para constituição de novos mandatários, explicaram os advogados, no final desta sessão, recordando igualmente a complexidade do processo, com cerca de 4.000 páginas.

A The Global Fund concluiu que cerca de 4,3 milhões de dólares em fundos destinados ao programa de combate à malária foram desviados por dois responsáveis locais. Agora, mais de um ano depois, a acusação do Ministério Público imputa a três arguidos o desvio de cerca de dois milhões de euros.

 

Texto: Redacção NN, Foto: Nambi Wanderley

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.