Estudante do Zaire vence prémio literário “Quem me dera ser onda”

0
Upper Digital Marketing
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O adolescente João Júnior, é o vencedor da edição 2018, do prémio literário infanto-juvenil Quem me dera ser onda, uma realização da União dos Escritores Angolanos (UEA), que visa encontrar novos talentos da literatura.

O primeiro classificado, com o texto “O Sonho do velho João”, um tema que fala sobre valores, tradições e crenças, o adolescente da província do Zaire terá direito a um prémio monetário de 973.950,00 kwanzas e um diploma de mérito, na segunda posição ficou Amélia Torres, da província de  Luanda, que receberá de prémio o valor de 584.370,00 kwanzas.

Os prémios deverão ser entregues no dia 15 de Fevereiro, em cerimónia a ter lugar na sede da UEA, o concurso anual é patrocinado pela Fundação Sol e envolve estudantes do 1º e 2º ciclo do ensino secundário, dos 13 aos 17 anos de idade.

O prémio Quem me dera ser onda visa estimular a criatividade literária das crianças e jovens no domínio da prosa de ficção, premiando os melhores. Podem concorrer 15 candidatos por províncias, sendo que os temas das composições devem versar sobre “meninos de rua” e as referidas composições não podem ultrapassar oito páginas em formato A4.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.