Embarcação Angola Cables Mussulo 40 ocupa quarta posição da Copa do Atlântico

0
Upper Digital Marketing
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Após três dias de regata, a embarcação angolana, Angola Cables Mussulo 40, tripulada pelo comandante angolano José Guilherme Caldas e pelo skipper brasileiro, Leonardo Chicourel, completou a segunda etapa da Copa do Atlântico, na quarta posição na classificação geral, entre os 11 barcos participantes.

A dupla concluiu a segunda parte da regata, em Portland, na quarta posição, duas à frente da classificação obtida na primeira etapa da competição, sendo que a direção do vento e a intensidade do frio acabaram por influenciar a performance do Mussulo 40.

José Guilherme Caldas, comandante da embarcação diz que esta foi uma das regatas mais difíceis em que participou. Tendo partido em primeiro lugar, a Mussulo 40 conseguiu manter a liderança durante um largo período de tempo. Ao longo da regata, contudo, o surgimento do contravento, que foi aumentando a velocidade, chegando a quase 40 nós de intensidade, começou a favorecer os barcos mais recentes.

Leonardo Chicourel, skipper do Mussulo 40, compartilha a opinião do companheiro de vela, garantindo que foi uma regata muito dura, com ventos muito fortes e temperaturas muito baixas. Estas condições causaram problemas no barco, como a quebra de um piloto e do mastro, por causa da força da batida da água do mar agitado, o que, não impediu que a embarcação, mesmo com todos os contratempos, melhorasse a classificação em relação a etapa anterior, chegando entre os primeiros.

A próxima fase da Atlantic Cup acontecerá neste fim de semana dentro do porto de Portland. Serão cerca de cinco regatas in-shore, de curta duração e que continuarão a contar pontos no campeonato. Para essa última parte da Atlantic Cup, José Guilherme Caldas e Leonardo Chicourel vencerão as equipas do brasileiro Rafael Martins e do francês Robin Marais.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.