“É tempo de viver na diversidade” – Waldemar Bastos

0
Foto: Angop
Upper Digital Marketing
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O músico angolano Waldemar Bastos considera que Angola atravessa momento sublime e é chegada a hora de os angolanos saberem viver na diversidade de pensamento, sem ressentimentos.

Em entrevista exclusiva à ANGOP, o artista radicado nos Estados Unidos da América convida os angolanos a apoiarem as medidas governativas do Presidente da República, João Lourenço, e diz-se satisfeito com a forma como vem sendo reconhecido nos últimos tempos.

Durante a conversa, Waldemar Bastos expressa o desejo de conhecer a sua terra natal, o Zaire, e fala, sem rodeios, dos momentos amargos por que passou antes de ir para o “exílio”.

Waldemar dos Santos Alonso de Almeida Bastos, conhecido como Waldemar Bastos, nasceu em M’Banza Kongo, capital da província do Zaire, a 4 de Janeiro de 1954.

É um músico e compositor que combina o afro-pop, fado e influências brasileiras.

Começou por cantar com uma idade muito precoce, utilizando instrumentos do seu pai. Após a independência, em 1975, emigrou para Portugal.

Waldemar Bastos considera a sua música reflexo da própria vida. Os seus temas fazem apelo à fraternidade universal. Ao longo dos mais de 40 anos de carreira, foi distinguido com um Diploma de Membro Fundador da União dos Artistas e Compositores (UNAC-SA) e com Prémio Award, em 1999, pela World Music.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.