Docente lança obra científica sobre “Introdução à Bioquímica”

Fotos: Anselmo Gaspar

1
Foto: Anselmo Gaspar
Upper Digital Marketing
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

“Introdução à Bioquímica” é a terceira obra do docente universitário João Simba David, lançada no dia 29 de Agosto, no Auditório do Instituto Superior Internacional de Angola (ISIA), em Luanda.

A obra, segundo o autor, que falava ao Notícias de Angola, retrata os processos bioquímicos, desde o nível celular até o molecular, o estudo de sistemas aquosos, as proteínas bem como expressão da informação genética.

Os ácidos nucleicos, com maior realce ao DNA, como suporte da informação genética, assim como os processos metabólicos fazem parte do livro, de 161 páginas e editado da pela BC LIVTEC.

João David fez saber que o livro servirá de base para muitas outras áreas da medicina, como a fisiologia, a farmacologia, a patologia e a microbiologia.

O estudante do terceiro ano do curso de Enfermagem António Ribeiro elogiou  a iniciativa do autor João David, e pediu que os outros professores seguissem o exemplo para bem o ensino e a aprendizagem.

João Simba David é professor-doutor formado em Ciências Agrárias, pela Academia de Ciências Agrárias de Moscovo-Rússia.

Lecciona nas faculdades de Engenharia da Universidade Agostinho Neto (UAN) e Universidade de Belas (Uni-belas), bem como na Faculdade de Ciências da Saúde do Instituto Superior Politécnico Internacional de Angola (ISIA).

Actualmente é investigador auxiliar pelo Instituto de Investigação Agronómica (IIA).

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

1 Comentário

  1. Uma iniciativa muito boa, que o precisa ser repetida muitas vezes, uma vez que no mercado angolano é muito difícil de tirar um livro, mas com apoio da Instituição e muito mais o Dr Simba conseguiu, está de parabéns👏
    Bem haja o ensino angolano

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.