Covid-19: Tendências de Marketing Digital em período de isolamento social em Angola

0
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por: Bernardino N’gola

Uma nova espécie de coronavírus foi identificada pela primeira vez em humanos, no final do ano 2019, na República da China. A COVID-19, se alastrou a escala planetária e interferiu nos sectores político, social, económico e financeiro em todos os países.

O isolamento social é um apanágio no que concerne as medidas profiláticas, implementada pelos Governos, para mitigar a disseminação da COVID-19, e muitas empresas encerraram os espaços, mercados, físicos e capitalizaram os funcionários em casa para desenvolverem tarefas da empresa nas residências, “teletrabalho”.

“Tendência é antecipar o entendimento sobre as representações latentes que poderão atender ao desejo das pessoas e vislumbrar como as possíveis buscas de completude se materializam no cotidiano das relações pessoas e consumo”. Clotilde Perez, Novos Horizontes do Marketing, Pág. 97.

Em períodos de incertezas, a demanda pela obtenção de informação sobre o coronavírus alterou profundamente o foco e os hábitos de pesquisa dos consumidores.As novas tecnologias de comunicação digital, em funçãodo isolamento social, começaram a ser o elo principal de contacto entre as pessoas (clientes) e as empresas (bens e serviços).

Se a internet, antes do surgimento da COVID-19, marcado pelo isolamento social, era fulcral para expansão e desenvolvimento dos negócios. Actualmente se tornou alternativa para muitos mercados virtuais.

As empresas que outrora permaneciam e apostavam em negócios na perspectiva do mercado em espaço físico, estão obrigadas a adequar a um novo paradigma de convívio social profissional online e, cabimentar investimentos para as novas tecnologias de comunicação e informação do modo a permitir a conexão da empresa nas plataformas de comunicação digital para promoção, informação e prestação de bens e serviços para os clientes.

“Marketing de conteúdos é uma abordagem de marketing que envolve a criação, organização, distribuição e a amplificação de conteúdos interessantes, relevantes e úteis para um grupo de audiência claramente definido afim de criar conversas sobre esses conteúdos”. Philip kotler, Marketing 4.0, Pág. 156.

Os manuais académicos, versado em teorias de Marketing Digital, sugerem que para implementação profícua da estratégia de marketing digital para alavancar o negócio da empresa epossibilitar a conexão com público, neste momento de isolamento social, é pertinente que as organizações executem os seguintes pressupostos de marketing digital: Investir em presença digital que pressupõe analise da maturidade da empresa na internet; Conhecimento do público alvo e mapear as redes sociais e conhecer os hábitos e costumes; Oferecer conteúdos que agregam valor, apostar na construção de valor e de relacionamento; Humanização da marca que pressupõe a empresa se juntar as causas sociais; Investir na geração de leads pelo que deverá oferecer conteúdos que tenham repercussão viral e que construam relacionamento com a marca; Investimento em anúncios online.

Boas perspetivas começam a surgir, no sector das telecomunicações tecnologias de informação e comunicação em Angola, segundo dados publicados pelo Jornal de Angola, 17 de Maio 2020, página 32, “Angola tem cerca de 15 milhões de assinantes de telefonia móvel e sete milhões de utilizadores de internet (…)”.

Se nos atermos aos dados do Censo Geral da População e Habitação realizado em 2014, Angola tinha 28.4 milhões de habitantes. Contudo, em harmonização com os indicadores inferimos que está a despontar, em Angola, ambiente favorável para implementação de mercados virtuais nacionais e, urge a necessidade das empresas se conectarem em ambientes online.

Em Angola, como resultado do isolamento social, algumas empresas de produção de bens e serviços designadamente Bancos Comerciais, Saúde, Telecomunicações, Energia e Águas e Administração Pública, começaram gradativamente a utilizar aplicativos móveis que através da internet permitam a população aceder alguns serviços e realizar pagamentos de serviços. Outrossim, notamos nas respectivas plataformas digitais de comunicação institucional a geração progressiva de leads para humanizar a marca na luta contra a COVID-19.

Perfil

Bernardino Gaspar N’gola – É mestre em Ciências da Comunicação Marketing e Publicidade, Licenciado em Ciências da Comunicação, pela Universidade Independente de Angola (UNIA), especialista em marketing e comunicação empresarial e especialista em designer.

—————————————-
Os artigos de opinião publicados no Notícias de Angola são da inteira responsabilidade do seu autor. O NA não se responsabiliza por quaisquer danos morais ou intelectuais dos textos em causa, confiando no rigor, idoneidade e credibilidade dos seus autores.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.