Covid-19: Número de casos já ultrapassou os 4 milhões mundialmente

0
Foto: DR
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por: Ivanine Silva

A pandemia da covid-19, doença provocada pelo novo coronavirus, não tem abrandado e tem se tornado cada vez uma ameaça a integridade de diversos países em todo o mundo, tendo atingido por estes dias, números inimagináveis à quando do seu surgimento no final de 2019.

Em quase cinco meses, já foram infectadas em todo o mundo, segundo dados avançados pelo Univerdade John Hopkins, mais de quatro milhões e 150 mil pessoas, deste número, mais de dois milhões e 400 mil casos estão activos, destes cerca de 47 mil 350 são considerados pacientea em estado crítico.

Em termos de recuperações e mortes, foram registados mais de um milhão e 465 mil casos recuperados e mais de 282 mil mortes.

Países do Mundo Com Mais Casos Confirmados

Até ao momento, estão entre os 10 países com maior número de casos, os Estados Unidos da América, Espanha,Reino Unido, Rússia, Itália, França, Alemanha, Brasil, Turquia e Irão.

Nesta lista, sete países, são Europeus, quatro deles fazem parte da União Europeia (UE). A Europa, é o continente mais afectado do mundo, com cerca de dois terços do total de casos confirmados da doença.

Os Estados Unidos, destaca-se pelo facto de ter o maior número de casos no mundo inteiro, com mais de um milhão e 375 mil casos, com mais de um milhão casos em relação à Espanha, que é o segundo país mais afectado.

Países Com Maior Número de Recuperações e Mortes

Entre os países com maior número de recuperações, destacam-se, os Estados Unidos da América, país com maior número de casos, com mais de 258 mil recuperados, a Espanha, o país mais afectado da Europa, com mais de 177 mil recuperados, e a Alemanha, um dos países que melhor resposta deu à pandemia, com mais de 145 mil recuperados.

Quanto aos óbitos registados, até ao momento, os Estados Unidos da América, também lidera com mais de 81 mil, seguido pelo Reino Unido, com mais de 32 mil e a Itália, com mais de 30 mil óbitos registados.

Efeitos Económicos da Pandemia

A maior e pior devastação da economia mundial, desde a grande depressão dos anos 30 do século passado, a covid-19, trouxe consigo, grandes prejuízos financeiros até mesmo para as grandes economias mundiais.

Com o número de desempregados a crescer a cada dia que passa, em larga escala, fruto da estagnaçãodo sector produtivo e paralisação das actividades comerciais no mundo inteiro, o Estados Unidos, soma mais de 30 milhões de desempregados, com uma taxa de desnutrição superior aos 14 por cento.

O mesmo drama, vive a zona Euro, isto no velho continente, que segundos dados avançados pelas principais agências económicas da região, já perderam os seus empregos, cerca de sete milhões de cidadãos, o que já levou o Parlamento Europeu , a aprovar a emissão de Eurobonds.

Previsões

Não existe até data, uma estimativa de quando a curva de contágios deverá começar o seu achatamento à nível mundial, já que, muitos países no mundo ainda não atingiram o pico da doença, por exemplo em África, o pico está previsto para o mês de Junho.

No que diz respeito a descoberta de uma vacina, também não há ainda, avanços significativos para que se possa ter uma vacina com eficácia reconhecida para o combate à covid-19, nos próximos tempos, porém, alguns países apresentaram níveis avançados no que toca a descoberta de medicamentos e anticorpos para o tratamento da mesma.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.