“Cores do Impressionismos” retrata dia-a-dia dos angolanos

0
Foto: DR
Upper Digital Marketing
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A exposição que retrata o dia-a-dia dos angolanos numa fusão de cores e personagens, que nos levam a contemplar o que nos rodeia através de tons de arco-íris, denominada “Cores do Impressionismos), vai ser inaugurada na próxima sexta-feira, na Galeria Tamar Golan, da Fundação Arte e Cultura.

Trata-se da primeira exposição do angolano Kisolokele Mendes, nascido natural em 1982, no Luvaka-Cuimba e estará patente até ao dia 2 de Abril.

De acordo com a nota a que o NN teve acesso, a  Galeria Tamar Golan, da Fundação Arte e Cultura, é um projecto cultural alternativo, sem fins lucrativos, que visa promover as artes plásticas angolanas e apoiar jovens talentosos, que de outra forma dificilmente teriam uma oportunidade.

Lê-se que todas as receitas da galeria são canalizadas para os projectos sociais da Fundação. Foi criada em 2013, ano em que a Fundação completava o seu 7º aniversário. A Galeria está aberta ao público de Segunda a Sábado, das 12:30 às 19:30.

Contributo de responsabilidade social do Grupo Mitrelli, a Fundação Arte e Cultura conta com o apoio dos seus parceiros estratégicos, o Grupo Siccal (Andrades), a Agência de Comunicação OnTime e o Luanda Medical Center.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.