CAN2019: Ivo Traça admite apuramento dos Palancas Negras

0
Foto: DR
Upper Digital Marketing
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A selecção nacional de futebol deve continuar a acreditar no apuramento ao CAN de 2019, nos Camarões, uma vez que não está nada perdido, admitiu ontem terça-feira, em Luanda, o treinador adjunto do 1º de Agosto, Ivo Traça.

Em declarações à Angop no final do jogo em que perdeu, por 0-1, diante da similar da Mauritânia, em jogo da terceira jornada do Grupo I de qualificação a referida prova, disse que o facto de o adversário ficar na liderança do grupo, com 9 pontos, Angola tem ainda chances de chegar ao seu objectivo.

Acredita que se Angola levantar os níveis de confiança e com o potencial que o jogadores têm vão conseguir tirar a melhor nos próximos dois adversários, o Burkina Faso (segundo do grupo, com seis) e o Botswana (último colocado, sem qualquer ponto).

O adjunto de Zoran Maki reconheceu que as línhas de passe dos Palancas Negras não tiveram bem, cometeram muitos erros e estavam a deixar-se levar pelo jogo do adversário, por isso sofreu o golo aos 18 minutos.

“Não vai ser fácil para os Palancas Negras vencer Burkina Faso (segundo do grupo, com seis), mas vamos jogar em casa. O treinador tem agora tempo para fazer as devidas correções no que não correu bem nos dois últimos jogos.

Os angolanos voltam a jogar no dia 18 de Novembro, diante dos burkinabes, no Estádio 11 de Novembro, em Luanda, e encerram esta fase apenas a 22 de Março do próximo ano, no terreno dos tswaneses.

Os Palancas Negras procuram a sua oitava presença na fase final do CAN, depois da África do Sul (1996), Burkina Faso (1998), Egipto (2006), Ghana (2008), Angola (2010), Gabão e Guiné Equatorial (2012) e África do Sul (2013).

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.