Bom Jesus Confirma lote de água imprópria

0
Foto: DR
Upper Digital Marketing
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Cerca de mil e 512 caixas de água de mesa do lote 311, da empresa Bom Jesus, serão destruídas, nos próximos dias, informou o seu director executivo, Luís Geraldes.

Trata-se do lote 311, com as especificações 311 1136, 311 1056, 311 0955, 311 0855, 311 0755, cuja data de validade é 7 de Novembro de 2019.

Esse produto foi proibido pela inspecção-geral do Ministério da Saúde, na semana finda, por não reunir os parámetros de qualidade.

De acordo com a instituição, a água desse lote é imprópria para o consumo humano e, por esse facto, está proibida a sua distribuição e comercialização.

Em declarações à Angop, nesta terça-feira, Luís Geraldes confirmou que a sua empresa solicitou a realização de análises laboratoriais, e concluiu-se que o produto era impróprio.

Explicou que o lote afectado corresponde a uma pequena produção de nove paletes de água de 0,33 litros, num total de mil 512 caixas de garrafas 4×3, que não chegou a sair da fábrica.

O produto, sublinhou, já se encontrava em quarentena,nas instalações desta empresa, antes da saída da circular do Ministério da Saúde, tendo sido isolado e totalmente controlado pelo departamento de qualidade.

Na análise do lote 311, do formato 0,33 Lt, acrescentou, um dos parâmetros deu negativo, tendo ficado como lote suspeito.Isso obrigou a pedir uma repetição (contra-prova) noutro laboratório externo também acreditado.

Tratou-se de “medida rotineira, enquadrada no Plano de Qualidade e Controlo, cujo protocolo prevê o confronto periódico dos resultados obtidos pelo laboratório interno, com controlo horário das características físico-químicas e organolépticas, e bi-diárias, das características microbiológicas com pelo menos um laboratório externo e acreditado para o efeito”.

As análises de confrontação ocorrem simultaneamente e quando se envia um lote para análise externa, ainda não conhecidos os resultados do laboratório interno da fábrica, de acordo com os parâmetros internacionais e as recomendações da Organização Mundial de Saúde.

A unidade de processamento de água “Bom Jesus” existe há 17 anos no mercado angolano.

Desde 2001, conta com pelo menos 100 trabalhadores e está em fase de investimento em novas e renovadas linhas de produção, quer para aumento da capacidade de produção em formatos pequenos, de 0,33 e 0,50 litros,quer para o reforço dos padrões de qualidade e segurança.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.